Cinera Theater, um headset que quer ser uma sala de cinema!
set17

Cinera Theater, um headset que quer ser uma sala de cinema!

Pode parecer um headset VR, mas como o nome diz, o Cinera Home Theater foi criado para ser uma espécie de cinema de bolso. Como acessórios, um headset para controlar drones e um suporte de mesa para você não ficar cansado enquanto assiste aquele filme de 3 horas do seu diretor favorito.

Mais...
Museu Imperial de Petrópolis está sendo digitalizado pela Autodesk e outras empresas
ago09

Museu Imperial de Petrópolis está sendo digitalizado pela Autodesk e outras empresas

Estive nesta semana em Petrópolis para conhecer o processo de digitalização do Museu Imperial, confira quais são as etapas e saiba mais sobre o projeto, que vai gerar um ambiente de realidade virtual.

Mais...
Daydream View, finalmente um headset VR do Google que não é feito de papelão
out04

Daydream View, finalmente um headset VR do Google que não é feito de papelão

O Daydream View VR é o headset de realidade virtual do Google, que aposta em parcerias para oferecer um bom conteúdo em VR, além de um design mais simples com peso até 30% menor que os concorrentes.

Mais...
Valve e HTC Vive: interatividade total e um controle em cada mão!
mar06

Valve e HTC Vive: interatividade total e um controle em cada mão!

A Valve aproveitou esta semana de MWC e GDC para apresentar o SteamVR, sua própria solução de realidade virtual para competir com os produtos da Oculus, Sony e Samsung. Criado em parceria com a HTC, o headset Vive Developer Edition tem uma diferença fundamental em relação a concorrência, a interação. Com o HTC Vive você realmente pode interagir com os cenários e objetos, podendo inclusive andar por um ambiente de 4 metros quadrados, além de usar dois controles que se tornam objetos manipuláveis dentro do jogo, o que facilita muito a tarefa de controlar o ambiente virtual. Eu testei o Oculus Rift na CES em janeiro, e fiquei muito bem impressionado, mas segundo quem testou o Vive VR, o headset da Valve e HTC está em um nível superior, pois a resolução é maior, assim como a taxa de quadros por segundo, isto sem falar nos controles, que permitem uma sensação de imersão muito maior do que usando um gamepad. O sistema é de fácil instalação, e funciona com duas bases (câmeras) que capturam onde você está em cada momento, e que você coloca em cantos opostos da sala. O kit de desenvolvimento vem com um headset Vive, mais duas bases e dois controles e deve ser lançado no segundo semestre por um preço ainda não informado, que não deve ser nada barato, mas que deverá valer a pena para os entusiastas de games e fãs da Valve e do Steam. A Valve também mostrou na GDC como chegou até o Vive e o SteamVR, com uma galeria dos aparelhos VR que vem desenvolvendo faz um bom tempo atrás de portas fechadas, confira no The Verge. Saiba mais sobre SteamVR e o Vive na...

Mais...
Microsoft HoloLens traz hologramas interativos para o seu mundo
jan22

Microsoft HoloLens traz hologramas interativos para o seu mundo

No evento de apresentação do Windows 10 ontem, a Microsoft surpreendeu a todos com o HoloLens, um aparelho wearable que dá uma nova dimensão à expressão realidade aumentada, mostrando objetos virtuais em hologramas interativos em 3D na sua frente. A ideia é que você use estes hologramas para interagir com objetos no seu ambiente, usando o mundo real como moldura para seus projetos ou jogos, como você pode ver no vídeo abaixo. O HoloLens tem sensores de movimentos, de voz e várias câmeras, assim você pode interagir diretamente com os hologramas, como se fosse o Tom Cruise no filme Minority Report. Esta nova forma de usar o computador com um óculos com visão translúcida pode até lembrar o Google Glass, mas os objetivos são bem diferentes. Para começar, uma diferença fundamental, ele não é algo que você vai usar o tempo inteiro na rua como o Glass, e sim em casa ou no escritório, quando estiver jogando ou realizando tarefas específicas. Apesar de competir com o Oculus Rift, Gear VR e outros headsets de realidade virtual, o HoloLens também se destaca entre todos eles ao permitir que você enxergue a realidade além da animação, no que a Microsoft quer que você chame de “mixed reality”. O termo parece exagerado, mas a sensação de usar o HoloLens deve ser bem próxima a isto. O headset já tem várias APIs, e na demonstração chamou a atenção a integração total com o Skype, assim era possível aprender a realizar tarefas com uma supervisão em tempo real de quem entende do assunto, que pode fazer setas ou outros desenhos em hologramas visíveis na sua frente. Se você estiver modelando um objeto em 3D, pode ver como está ficando o resultado na hora. Também é possível usar o HoloLens para visitar locais que você ainda não conhece, e ver qual a perspectiva dos seus amigos que estavam lá, ou até mesmo outros planetas nos quais você jamais iria. Uma das demonstrações era feita com imagens de Marte enviadas pelo Rover que dominavam totalmente a tela, e na prática, cientistas da NASA vão usar o aparelho para navegar pelo planeta vermelho. No vídeo abaixo é possível ter uma mostra de como seria esta experiência. O projeto ainda é um protótipo, ainda que funcional, e por isto o preço e a data de lançamento ainda não foram divulgados pela Microsoft. O HoloLens é mais uma obra da equipe de Alex Kipman, conhecido como o criador do Kinect, e o Cardoso conta no MB que o projeto está sendo desenvolvido há mais de 7 anos. Sim, confesso que é muito difícil não ficar muito empolgado com o HoloLens. Ponto para a Microsoft, que ainda...

Mais...
HP Sprout troca o mouse e teclado por projetor e câmera 3D
out29

HP Sprout troca o mouse e teclado por projetor e câmera 3D

O Sprout é um computador diferente de todos os que você já viu, que tem como foco a interação e criação de objetos em 3D, deixando de lado a velha dupla mouse e teclado em troca de uma base que funciona como se fosse um grande tablet. Equipado com um scanner, projetor DLP e câmera RealSense 3D, o Sprout não se limita a tela de 23″ com resolução FullHD, digitalizando objetos em 2D ou 3D, que você pode manipular na hora usando comandos de gestos. O Sprout também projeta um teclado quando você precisar digitar, ou até mesmo as teclas de um piano, quando você quiser tocar uma música. Se quiser desenhar, é só usar a caneta stylus na base. Por dentro, o Sprout é um computador normal, com processador Intel Core i7 e 1TB de capacidade. O preço é US$ 1900 (lá fora), e ele deve ser vendido a partir do dia 9 do mês que vem nos Estados Unidos. Saiba mais sobre o Sprout na HP. Além do Sprout, a HP também apresentou a impressora Multi Jet Fusion, saiba mais aqui. Via The Verge. Clique abaixo para ver um vídeo do Sprout em...

Mais...
HP Multi Jet Fusion, uma impressora 3D gigante e muito rápida
out29

HP Multi Jet Fusion, uma impressora 3D gigante e muito rápida

A Multi Jet Fusion é uma impressora 3D ultra rápida e gigante, que foi criada para grandes empresas e bureaus de serviços. Ela imprime objetos com até 10 vezes a velocidade das impressoras 3D disponíveis no mercado, e também consegue mesclar materiais de diferentes cores. Usando a tecnologia de jato de tinta da HP, ela insere agentes líquidos nos objetos para torná-los mais detalhados, texturizados e resistentes. A empresa promete que a partir de 2016, também irá oferecer impressoras 3D para uso doméstico. A aposta da HP na impressão 3D é parte de uma estratégia, que também inclui o novo computador Sprout, que tem scanner, câmera 3D e projetor. Saiba mais sobre a tecnologia de impressão 3D Multi Jet Fusion na HP. Via Slash Gear. Clique abaixo para ver dois...

Mais...
Crescent Bay, o novo protótipo do Oculus Rift
set22

Crescent Bay, o novo protótipo do Oculus Rift

A Oculus VR realizou sua primeira conferência para desenvolvedores, a Oculus Connect, e além do novo SDK, a principal novidade apresentada foi o novo protótipo do headset 3D Oculus Rift, chamado de Crescent Bay. Além de ser mais leve e confortável, o protótipo tem como principal diferencial uma câmera na parte de trás do headset, permitindo que você possa girar seu rosto em 360°, para uma sensação de imersão muito maior. Outro detalhe interessante são os fones de ouvido integrados, e que permitem que os desenvolvedores criem experiências sonoras que dão maior realismo aos jogos. Saiba mais sobre a conferência Oculus Connect e o Crescent Bay. Via The Next...

Mais...
Samsung Gear VR: Realidade virtual no Galaxy Note 4
set04

Samsung Gear VR: Realidade virtual no Galaxy Note 4

O Gear VR é um headset de realidade virtual parecido com o Oculus Rift e o Project Morpheus da Sony, mas que ao invés de se conectar ao seu PC ou console, funciona diretamente com o recém-lançado Galaxy Note 4, como uma espécie de Google Cardboard com (muito) estilo. O headset foi criado em parceria com a própria Oculus VR, com direito a uma participação especial de John Carmack no lançamento em Berlim. O Samsung Gear VR Innovator Edition usa o hardware do Note 4 incluindo sua bela tela Quad HD de 5,7″, e por conta disto não tem nenhum cabo. Com ângulo de visão de 96˚ e latência de menos de 20ms, a sensação de imersão é completa. Os comandos são feitos por um touchpad que fica na lateral. Ele tem giroscópio e acelerômetro para saber para onde você está olhando, e contou com uma demonstração que mostrava o laboratório de Tony Stark, mas para fazer sucesso, vai precisar do suporte de vários games até seu lançamento. O Gear VR não tem sistema de som, assim traga seus próprios fones de ouvido. A Samsung ainda não divulgou o preço do acessório, mas parece querer deixar bem claro que o Gear VR é indicado para entusiastas da realidade virtual e early adopters. Confira um ótimo review sobre o Gear VR no AnandTech. Saiba mais na Samsung. Via Oculus VR...

Mais...
Bublcam, uma câmera que grava tudo em 360 graus
ago27

Bublcam, uma câmera que grava tudo em 360 graus

A Bublcam é uma câmera capaz de gravar vídeos ou tirar fotos em 360 graus de tudo que está a sua volta. Ela tem Wi-Fi e pode transmitir o vídeo em streaming para o seu smartphone. A câmera ainda tem acelerômetro e foi feita sob medida para ser montada em um drone e gravar imagens de cima, ou então no seu capacete para registrar pulos de paraquedas, descidas de montanhas bike e outras atividades nem tão radicais assim. O player da Bubl permite que você navegue em diferentes ângulos do vídeo, e a empresa está fazendo testes com o Oculus Rift para permitir que você relembre suas experiências em 3D. Depois de uma bem sucedida campanha no Kickstarter, a Bublcam está em pré-venda no seu site por um preço meio salgado, US$ 579, mas eu confesso que adoraria ter uma para fazer uns testes por aí. Saiba mais sobre a Bublcam. Confira a galeria com imagens feitas com a câmera. Via Gizmodo US. Clique abaixo para ver o vídeo da campanha no...

Mais...
Impressora 3D versátil David lança campanha no Kickstarter
ago25

Impressora 3D versátil David lança campanha no Kickstarter

A David é uma impressora 3D diferente, pois ao invés de filamentos, usa pellets de TPU, EVA e outros materiais, produzindo objetos flexíveis. O projeto acaba de ser lançado no Kickstarter, onde você pode garantir uma impressora 3D em troca do seu investimento.

Mais...
iSense, scanner 3D para iPad
ago22

iSense, scanner 3D para iPad

O iSense é um scanner 3D pequeno e leve que funciona acoplado a câmera do iPad, e que foi apresentado pela primeira vez na CES deste ano. Com ele, é possível capturar em 3D objetos do dia a dia e depois ajustá-los em um app para impressão em 3D. O acessório está sendo vendido no Japão por um preço nada amigável, 70 mil yens ou mais de US$ 600. Pelo menos ele é bem divertido. Saiba mais na 3D Systems. Via Akihabara News. Clique abaixo para ver um vídeo....

Mais...
/* Track outbound links in Google Analytics */