Essential PH-1, o smartphone ideal de Andy Rubin, o criador do Android


Demorou para o criador do Android conseguir criar sua própria companhia e trazer os primeiros produtos para o mercado, mas a empresa já mostrou que não está para brincadeira, com um smartphone com design que tem uma tela praticamente sem borda nenhuma, com um resultado parecido com o da Xiaomi no Mi Mix, mas com uma diferença, a câmera frontal fica em cima da tela, o que sinceramente eu acho meio estranho.

Indo muito além do design, a proposta da Essential é mudar o mercado de smartphones e também o da automação residencial, tornando tudo mais acessível, ao invés de vários jardins murados como vemos hoje em dia. Rubin assume parte da sua culpa na criação do Android, onde cada upgrade no sistema muitas vezes parece uma meta inatingível, e desta vez a proposta é máximo sua empresa e seus métodos para conseguir criar parcerias em um mercado onde hoje em dia impera o bloco do eu sozinho.

O Essential Home é um assistente de voz no melhor estilo do Amazon Echo e Google Home, com uma tela que mostra notificações e te avisa de compromissos, e também pode ser tocada para ativar o aparelho. A Essential também apresenta o Ambient OS, criado para controlar o seu Home, e a sua casa, é claro.

Mas qual o grande diferencial da Essential, pelo menos neste primeiro momento? O uso de módulos já foi tentado pela Motorola e LG, com resultados variados, mas é uma grande aposta da Essential. No primeiro smartphone, que se chama PH-1, o encaixe dos módulos é magnético, uma solução bem parecida com a da Motorola, mas ocupando apenas parte da traseira. A proposta é deixar o smartphone future-proof, com o primeiro módulo (e também prova de conceito) sendo uma minúscula câmera 360° que se encaixa em dois imãs na parte de trás do aparelho. Eu gosto da ideia, vamos ver como serão os próximos módulos.

Um dos grandes problemas dos smartphones modernos é que eles quase sempre se espatifam ao serem derrubados no chão, algo que pode acontecer com qualquer problema. Feito em titânio, com traseira é feita em cerâmica e vidro Gorilla Glass 5, o smartphone da Essential promete ser muito mais resistente que seus concorrentes feitos em alumínio, resolvendo esta questão.

Por dentro, ele tem o que se espera, processador Snapdragon 835, 4GB de RAM e 128GB de capacidade, com uma bateria de 3040mAh. A câmera traseira de 13 megapixels tem dois sensores, um colorido e outro preto e branco. Com 7,8mm de espessura, o PH-1 pesa 185 gramas.

Trata-se de um aparelho com conceitos bem interessantes, vamos ver qual vai ser a reação do mercado para saber se o sonho de Andy Rubin poderá ser realizado.

O preço? US$ 699 pelo aparelho ou US$ 749 com a câmera 360°. Saiba mais na Essential.

Veja outras imagens do Essential PH-1 e do Essential Home.

Autor: Nick Ellis

Compartilhe
/* Track outbound links in Google Analytics */