Uma sala de concertos com acústica projetada por algoritmos

Crédito da foto: Iwan Baan

A acústica da sala de concertos Elbphilharmonie em Hamburgo, Alemanha foi projetada com o processo de design paramétrico, usando algoritmos para determinar a forma ideal de um objeto. A sala é cercada por 10 mil painéis acústicos de gesso para oferecer a melhor acústica possível para cada um dos 2150 lugares da plateia. Cada um dos 10 mil painéis acústicos conta com cortes individuais que parecem com pequenas conchas. Quando a música começa, cada uma destas conchas reflete o som da maneira projetada, gerando um efeito de reverberação por todo o auditório.

Dependendo da posição dos painéis na sala, eles são maiores (no fundo) ou menores (no teto e embaixo do candelabro), assim o som se propaga com uma acústica perfeita. Para compor o ambiente que tem um visual quase orgânico, foram colocadas mil luminárias sopradas à mão. A criação é do escritório de arquitetura Herzog & De Meuron, com o apoio do estúdio One to One, que criou e fabricou os painéis e do especialista em acústica Yasuhisa Toyota, que planejou o posicionamento e dimensão dos painéis.

A sala de concertos foi construída em cima do armazém Kaispeicher A, e faz parte do projeto de revitalização do porto de Hamburgo. A Elbphilharmonie já é um dos principais pontos turísticos da cidade, além de um dos lugares que eu preciso conhecer nessa vida.

Via Wired.

Autor: Nick Ellis

Compartilhe
/* Track outbound links in Google Analytics */