ad

Google Pixel e Pixel XL, novos smartphones com Google Assistant integrado

google_pixel_2

O Google apresentou hoje várias novidades, incluindo o Google Pixel e o Pixel XL, que eu achei bem legais, e são os primeiros smartphones criados pela empresa de Mountain View, já livre da sua antiga parceria Nexus com outras empresas. Sim, ele é produzido pela HTC, mas desta vez sob encomenda do Google, que tem controle total sobre o aparelho.

Vamos aos smartphones. O Pixel tem tela de 5″ e pesa 143 gramas, enquanto o Pixel XL tem tela de 5.5″ e pesa 168 gramas. Como principal ás na manga e diferencial, a linha Pixel traz o Google Assistant pré-instalado, com todo o seu poder de te ajudar no dia a dia, entendendo o contexto de onde você está, e do que está perguntando, e indo além dos domínios do Google, e fazendo buscas também na Wikipedia e outros sites, reconhecendo rostos em fotos, fazendo reservas em restaurantes, etc, etc.

Ao criar seu próprio hardware, o Google busca o que a Apple já faz muito bem, uma integração total entre o seu aparelho e seu software. Por dentro, o negócio é sério, com processador Snapdragon 821 e 4GB de RAM, com versões de 32 ou 128 GB de capacidade. Infelizmente nenhum dos dois tem slot para cartões microSD, então esse espaço terá que ser suficiente. Claro que com o Google Photo pré-instalado, o backup das suas imagens está garantido, assim você pode usar o espaço para outras coisas. A bateria tem 2770 mAh no Pixel e 3450 mAh no Pixel XL, e o conector é USB Type-C. Segundo o Google, apenas 15 minutos de carga são suficientes pra até 7 horas de uso.

google_pixel_3

Os novos smartphones do Google contam com leitor de digitais. O design é bem padrão, com case de alumínio e vidro com bordas arredondadas cercando uma grande tela AMOLED. A vantagem é que apesar da ótima câmera, ele dispensa a tal protuberância na câmera dos seus principais concorrentes. Por falar na câmera, ela é um dos pontos altos dos novos Pixel. A câmera de 12.3 megapixels atingiu nota de 89 no respeitado site DxOMark, que é inédita para aparelhos móveis. Sim, aparentemente esta é a melhor câmera já feita em um smartphone, pelo menos até o lançamento do review do iPhone 7 Plus, que eles ainda estão devendo. A abertura de f/2.0 não chega a igualar a do S7 Edge e iPhone 7, mas ele tem HDR+ (herdado dos últimos Nexus) e vários recursos de software que parecem bem interessantes. No mundo real, espero testar as câmeras do iPhone 7 e 7 Plus e do Pixel para poder comparar com a do S7 e S7 Edge, até agora as minhas favoritas em qualquer aparelho.

Apesar de não ser à prova d’água como seus concorrentes, o Pixel mantém o plug de fones de ouvido de 3,5 mm, pra alegria dos saudosistas (como eu). O Google aposta tanto no sucesso do Pixel que até incluiu um adaptador Lightning no pacote pra estimular usuários do iPhone a migrarem para o Android.

google_pixel_1

O Google Pixel custa US$ 649, lá fora nas cores preto “quite black” e prateado “very silver”, com uma versão limitada azul “really blue”, e os primeiros a comprarem o aparelho também ganham o novo headset de realidade virtual do Google, o Daydream View VR. Saiba mais sobre o Pixel e o Pixel XL na GSM Arena ou no site do Google.

Saiba mais sobre as outras novidades do evento no MB.

Clique abaixo para ver o vídeo de apresentação do Pixel.

Assista a ótima introdução do evento com Dinesh e Gilfoyle da série Silicon Valley.

Autor: Nick Ellis

Compartilhe
/* Track outbound links in Google Analytics */