Rio Open: transmissão LTE Broadcast mostrou como será a distribuição de conteúdo para múltiplos usuários

Post publicitário

qualcomm_lte-broadcast

Na sexta-feira da semana passada no Rio Open, a Claro e a NET em parceria com a Qualcomm, Ericsson, Globosat e Samsung fizeram a primeira transmissão LTE Broadcast da América Latina, demonstrando a tecnologia que permite a entrega de conteúdo de forma massiva para múltiplos usuários. O LTE Broadcast é perfeito para transmitir eventos esportivos como o Rio Open e as Olimpíadas, enviando outros ângulos das partidas e disputas, ou até mesmo a transmissão de outros jogos que estejam acontecendo simultaneamente.

Para demonstrar o LTE Broadcast, os jornalistas receberam aparelhos equipados com a tecnologia rodando o app Claro Esportes (criado pela Movile), com a transmissão de quatro câmeras da quadra central do Rio Open, a câmera principal e três câmeras exclusivas, todas com imagens geradas pelo SporTV. O interessante é que a transmissão LTE Broadcast não tem necessariamente limitações geográficas, assim ela pode ser feita apenas para a arena ou área onde o evento está sendo disputado, ou então entregue para outras cidades ou países. O LTE Broadcast não serve apenas para a transmissão de vídeos, e também pode ser usado para entregar updates urgentes no smartphone, ou até para notícias urgentes, entre outras utilidades.

Para a Qualcomm, o trabalho no LTE Broadcast começou bem no ínicio, ajudando na concepção e na padronização, na criação de um middleware que roda em cima dos processadores Snapdragon, e também no desenvolvimento de um SDK para os programadores poderem criar apps que usam a tecnologia.

Eu mal posso esperar para poder assistir a um jogo do meu time no Maracanã, enquanto confiro os replays e todos os ângulos das jogadas, além dos jogos dos rivais que estão disputando com o meu, e que estejam assistindo a tudo simultaneamente. Como vai ser bom morar neste futuro!

Este post é parte de uma campanha da Qualcomm.

 

Autor: Nick Ellis

Compartilhe
/* Track outbound links in Google Analytics */