Tempo, Blogs, Empregos e Outros Assuntos

Este post é diferente dos demais, porque não vou falar sobre os últimos lançamentos e os gadgets mais incríveis do universo, e sim sobre a minha vida profissional. Talvez eu devesse ter publicado este texto na minha coluna do Yahoo! Posts, mas como ele foi escrito para você, leitor do DD, achei que este era o melhor caminho. Este post não foi escrito como justificativa, desabafo, chororô ou #mimimi, mas sim como uma autocrítica sincera e consciente de todos os meus problemas e limitações.

Sei que é difícil de acreditar, mas aquele cara que escrevia 10 posts por dia no começo do blog é humano, tem família e emprego, e o tempo infelizmente é curto, mesmo para quem dorme muito menos do que o recomendado. O que eu quero dizer é, sei que tenho escrito muito menos no DD, e no AppStore Blog então, nem se fala, e quero te garantir que não estou nada satisfeito com isto. Caso as minhas razões sejam do seu interesse, e você queira saber o que pretendo fazer para corrigir isto, é só continuar lendo, caso contrário, fique a vontade para ler o próximo post.

Como muitos sabem, deixei meu emprego de designer em outubro de 2008 para me dedicar de corpo e alma ao Digital Drops e meus outros blogs. Sim, eu anunciei orgulhoso no meu Twitter que era o mais novo problogger do Brasil. Infelizmente a marolinha da crise se revelou um maremoto no meu pequeno cantinho da blogosfera, e não consegui mais tirar o meu sustento com os meus blogs, porque o rendimento que era espetacular até outubro de 2008, diminuiu muito desde o final do ano. Atualmente as coisas estão melhorando e muito, mas mesmo assim é complicado confiar a sua vida em um mercado que está sujeito a qualquer tipo de crise. Como qualquer outro pai de família no Brasil, tenho imensas responsabilidades e despesas que não posso deixar de cumprir, por isto comecei a pensar seriamente em voltar a trabalhar.

Os meus leitores mais fiéis sabem a admiração que sempre tive pelo Meio Bit, uma das minhas inspirações iniciais para criar o DD, ao lado de certos blogs internacionais. Este ano fui apresentado com a oportunidade de uma vida, a compra de uma participação no grupo Meio Bit, ao lado de sócios que admiro e respeito. Investi as minhas economias e me tornei o segundo sócio majoritário do MB, atrás apenas do meu amigo Leo Faoro. A minha ideia inicial de trabalhar, escrever no DD, AppStore Blog e MB logo se revelou uma tarefa impossível. Quando vi que o tempo para escrever no Meio Bit seria escasso, então resolvi me dedicar a trabalhar nos bastidores, negociando acordos e principalmente, assumindo a área comercial, e tendo a missão de fazer o negócio dar certo, e tenho o orgulho de dizer que temos alcançado este objetivo. Passei a escrever apenas no Digital Drops, deixando os outros blogs de lado, enquanto procurava trabalhos como freelancer de design e webdesign para pagar as contas, algo que tinha jurado a mim mesmo que nunca mais ia fazer.

Com tudo isto, a minha visão romântica do que seria uma vida de blogueiro profissional deu lugar ao pragmatismo de ter que tomar as rédeas de várias situações. Comecei a trabalhar com os excelentes profissionais e grandes amigos Ivan Neto e o Benjamin Jackson da INCOMUM Design & Conceito, responsáveis pelo layout do Digital Drops e também pelo nosso futuro app para iPhone, e aos quais só tenho elogios infinitos e muitos agradecimentos. Durante o tempo em que estava trabalhando por lá, continuei escrevendo no Digital Drops com todas as forças, mas já dividindo o tempo com o Meio Bit e criação de propostas comerciais para clientes em potencial. Também tentei gravar um programa de vídeo, o Digital Drops.TV, com o meu amigo Cris Dias, mas a coisa infelizmente não deu certo, muito em função da falta de tempo e da necessidade de gravar em outra cidade.

Em setembro, bem na época do meu aniversário, fui procurado pela minha amiga Elis Monteiro com um desafio profissional, substituí-la na In Press, uma empresa do grupo Porter Novelli. Meu trabalho por lá é cuidar da presença de grandes empresas em mídias sociais como blogs corporativos, páginas no Facebook e perfis no Twitter, e como vocês devem imaginar, é uma função de tempo integral. Enquanto isto, o reconhecimento ao meu trabalho como blogueiro nos últimos anos tem sido imenso, e eu fico muito grato por isto. Sempre sou chamado para eventos incríveis como um encontro da Symantec em San Francisco, o lançamento do satélite WorldView-2 em Santa Barbara e o Nokia Camp, entre tantos outros. Na semana passada gravei um vídeo para o celular Android que vai ser exibido no canal de uma operadora no YouTube. Também me tornei um palestrante, e nas últimas semanas participei do #SouMaisWeb e fiz uma apresentação na Universidade Cândido Mendes, e na semana que vem participarei de um painel na Casa do Saber.

Quando aceitei o emprego, sabia que teria menos tempo para blogar, mas a minha ideia inicial era atualizar o blog durante a noite, só que tenho trabalhado mais do que nunca, estou fazendo o curso de Estrutura Literária e “A Jornada do Herói” de Eduardo Spohr na Faculdade Helio Alonso, tenho participado de podcasts como o Papo de Gordo e vários Nerdcasts, e apesar de todas estas funções serem extremamente prazeirosas, o tempo que eu teria para escrever no blog acaba deixando de existir.

Tentando resolver o problema, contratei 2 ótimos autores para escrever no DD, e tenho contado com a colaboração do meu irmão Dado, só que ele também tem o seu próprio trabalho e precisa atualizar o seu Blog de Brinquedo. Meu curso está acabando em breve, e estou me organizando para voltar a escrever com regularidade aqui no Digital Drops e no AppStore Blog, mas para isto infelizmente terei que deixar de aceitar convites para podcasts e outras atividades, abrindo é claro uma exceção especial para o Nerdcast dos meus queridos amigos Deive e Alexandre, afinal lá eu já sou de casa.

Ao longo de quase 4 anos, tivemos muitos autores e autoras de excelente qualidade como a minha querida comadre Veri Serpa do Geek Chic e a minha amiga eternamente saudosa Ematoma do Objetos de Desejo, entre tantos outros. Cada um deles me ajudou a criar a personalidade do DD. Mas muito mais importante do que nós autores, são vocês, os leitores. Eu tenho o maior respeito com os meus leitores, eles são a grande força do Digital Drops e qualquer blog. Eu não seria nada sem vocês, tanto aos que me acompanham aqui desde o comecinho de 2006, quanto aos outros que foram chegando pelo caminho.

Agora preciso abrir um parênteses neste texto. Recebo muitos e-mails e centenas de comentários todos os dias. A maioria das críticas construtivas vem de pessoas bem intencionadas, que realmente entram para dizer que eu tenho escrito menos (e estão cobertos de razão) só que também existe outro tipo de crítica. São pessoas (ou trolls) que nunca testaram o produto em questão, mas já partem para uma brincadeirinha ou insinuação. Estas pessoas estão se aproveitando deste problema de falta de tempo na minha vida como blogueiro para me fazer ataques pessoais e acusações injustas. Muitos querem me dar lições de moral, coisas que eu já sei de cor. Houveram até acusações de nepotismo em uma promoção de melhores frases, dizendo de forma leviana que “eu havia premiado os meus parentes”.

Quem lê meu blog faz tempo já sabe que sempre fiz campanhas e posts publicitários, mas procuro ser sempre transparente e ético. Não falo bem do que não gosto, uso ou acredito, e já recusei diversas ofertas de produtos que eu sabia que não iam interessar aos meus clientes. Existem várias formas de divulgar o seu produto aqui no DD, como banners, ofertas do boo-box, posts publicitários e até mesmo campanhas de lançamento, só que se eu não gostar do produto, simplesmente me recusarei a participar da ação. Se estiver participando e discordar de algum detalhe, irei dizer isto no post.

Muitos reclamam que eu elogio a Microsoft, outros acham que sou funcionário da Apple mas estas pessoas se esquecem que cheguei a ter um blog dedicado exclusivamente a cada uma destas empresas (As Janelas e A Maçã). Sempre fui fanático por Steve Jobs, Paul Allen, Steve Wozniak e Bill Gates. Meu estilo de escrever é entusiasmado mas só elogio o que gosto, e sempre falo mal do que não funciona. Fiz centenas de posts no blog da Microsoft por que gosto do assunto, e quando sou selecionado para uma campanha onde 7 blogueiros testam o produto (algo do qual eu me orgulho muito) vem alguém insinuar que estou falando bem porque fui contratado.

O fato de eu fazer parte de uma campanha não muda a minha visão sobre nada, o que eu escrevo são as minhas impressões, sem pressões ou influências externas. Como sempre digo, a única coisa a venda aqui no DD são os espaços publicitários, porque a opinião dos autores, ninguém pode comprar. É importante deixar claro que um jornalista ou blogueiro sério não muda seus conceitos porque fez uma viagem ou recebeu um produto para testes.

O assunto principal deste post é um grande problema dos nossos dias, a falta de tempo. O que vou fazer a respeito é bem simples, vou organizar o pouco tempo livre que me resta para voltar a escrever como antes, falando diariamente sobre os gadgets que eu tanto gosto. Mas quem leu este texto até aqui provavelmente já sabia disto, não é? Agradeço a todos pela atenção e paciência, e vocês podem ter certeza de que nós voltaremos em breve com nossa programação normal.

Autor: Nick Ellis

Compartilhe
/* Track outbound links in Google Analytics */