LG Renoir, O Review Completo do Celular com Câmera de 8 Megapixels

lg_renoir2

Eu fui convidado pela LG Electronics para participar do Club Renoir, um evento misterioso com outros 15 blogueiros, incluindo vários amigos meus e minha grande amiga Veri do 30 & Alguns e Geek Chic. No convite haviam algumas pistas, como levar repelente e protetor solar. Ao chegarmos lá, descobrimos que se tratava de um fim de semana em um belo hotel na praia, mais especificamente no Guarujá.

Apesar de muitos não terem entendido esta ação, o objetivo principal era nos apresentar ao novíssimo LG K910, mais conhecido como LG Renoir, e proporcionar diversas situações diferentes para testar todas as funções deste celular, e depois passarmos o que consideramos como os pontos fortes e pontos fracos do produto. Desta forma pudemos esmiuçar o aparelho com calma, sem se preocupar com mais nada. Todas as fotos que ilustram este post foram feitas com a câmera do Renoir.

Vamos ao review. O LG Renoir é um celular com conectividade 3G HSDPA 900 e 2100 que também acessa redes GSM 850/900/1800/1900. Ele tem uma tela touchscreen de 3” com resolução de 240 x 400 pixels e 262 mil cores. Só que antes de ser um celular, o LG Renoir é uma câmera digital de ótima qualidade, que tem como principais trunfos a resolução de 8 megapixels, o flash Xenon e as lentes Schneider-Kreuznach.

lg_renoir

A câmera é claramente o ponto alto do LG Renoir, que não é um smartphone, e sim um feature phone. Ela tem tantos recursos que eu poderia escrever um livro a respeito, mas posso destacar os mais impressionantes. Ela tem reconhecimento de rostos para foco automático, detecção de piscadas que te avisa quando a pessoa fecha os olhos, sensor de sorriso que só dispara a foto se a pessoa estiver rindo, modo de disparo contínuo que é ótimo para tirar fotos de cenas em movimento e o filtro de imperfeições que melhora ao máximo a foto, apesar de não fazer milagres.

lg_renoir1

Além desta excelente câmera, sobre a qual falarei mais daqui a pouco, as funções mais interessantes do Renoir são o GPS, conectividade Wi-Fi 802.11b/g e Bluetooth 2.0 A2DP estéreo, um sensor de acelerômetro, uma câmera secundária para vídeo conferências (com resolução VGA), rádio FM com RDS, saída de vídeo para TV, som Dolby e um player de arquivos DivX, XviD e AVI. Apesar de só ter 100MB de memória interna, você pode colocar um cartão microSD na lateral e ampliar a capacidade para até 8GB.

Você pode instalar programas em Java e alguns programas no site da LG Mobile, além de ler arquivos do Microsoft Excel e Word e documentos em PDF. Assim como o LG Viewty e o LG Prada, o LG Renoir roda uma interface feita em Flash, e a sua navegação poderia ser mais amigável, principalmente se comparada a do iPhone 3G.

O Renoir é bem pequeno para um celular touchscreen, medindo 107.8 mm de altura e 55.9 mm de largura. Com uma espessura de 13.95 mm, ele é o celular de 8 megapixels mais fino do mercado, segundo informações da LG. Ele também é muito leve, pesando cerca de 110 gramas.

Como eu citei acima, o Renoir é o primeiro celular da LG com Wi-Fi, o que para mim é essencial e fazia enorme falta no Viewty. Nada melhor do que acessar a Internet para conferir os e-mails ou ler seus feeds no Google Reader em qualquer hotspot Wi-Fi.

Clique abaixo para continuar lendo este review.

O LG Renoir representa um enorme progresso em relação ao Viewty, que tinha sérios problemas de processamento, especialmente quando você queria ver as fotos. Com o Renoir, a historia é outra, e a galeria funciona de forma bem rápida, sem aquelas esperas irritantes, assim como todas as outras funções.

Graças ao sensor do acelerômetro, basta colocar o Renoir na horizontal para usar o teclado completo sempre que você quiser digitar um e-mail, e também quando quiser ver uma foto na posição correta, o que já é natural para quem usa o iPhone. A vibração quando você digita é excelente, e lembra a sensação de estar usando um teclado de verdade, embora para mim ainda seja mais fácil de digitar com a stylus do que com os dedos. O sistema de reconhecimento de letras funciona surpreendentemente bem, e se tornou a maneira mais fácil de redigir textos no Renoir na minha opinião.

O Renoir tem GPS com A-GPS para acessar mapas e fazer o geotagging das suas fotos. A versão desbloqueada do Renoir (menos da operadora Claro) vem com alguns programas do Google pré-instalados como o Google Maps, que agora com as informações de trânsito nas principais cidades do Brasil se tornou uma ótima ferramenta para fugir de engarrafamentos. Seu web browser tem um bookmark visual que me agradou bastante, e o Renoir vem com jogos que usam o acelerômetro.

Vamos falar um pouco mais da câmera do LG Renoir. Alguns detalhes bobos podem ser corrigidos com uma versão do software, como a seta que pede para você abrir a lente e aponta para o lado errado, mas isto é só um detalhe. No que importa mesmo, esta câmera é muito bem servida.

lgrenoir_vistapanorama

lgrenoir_showpanorama

A função de panoramas deixa uma marca semi-transparente na tela para você posicionar a próxima foto, e é ótima para fazer panoramas de paisagens e shows, como você pode conferir nos exemplos acima. O modo de autofoco na tela touchscreen funciona perfeitamente, basta colocar o dedo na tela na posição em que você quer dar o foco, pressionar e depois soltar para tirar a foto. É um recurso que além de ser fácil de usar, também é bem divertido.

O botão do estabilizador de imagem fica ao lado do botão de disparo, e ajuda a evitar fotos tremidas. Esta câmera também tem um zoom digital de 16x, função macro e ajuste de sensibilidade de até 1600 ISO, que é indicado para tirar fotos em condições de baixa visibilidade.

lgrenoir_backlight

A compensação de luz traseira é perfeita para tirar fotos mais nítidas mesmo com uma luz forte por trás. Nas fotos acima você pode ver uma comparação dos efeitos com e sem este recurso. Além de colocar efeitos de cores nas fotos na hora em que está tirando a foto, você também pode editá-las no próprio LG Renoir, fazendo desenhos em cima, colocando bordas e muito mais.

Você pode até mesmo fazer uma edição dos seus vídeos e fotos no próprio Renoir. O editor de vídeo permite que você corte, faça fades, duble o áudio, misture vídeos e grave uma trilha de voz, coloque legendas, tudo isto sem precisar do computador! Você também pode montar suas fotos e vídeos em um slideshow com trilha sonora e legendas.

A câmera de vídeo grava em QVGA em 30 frames por segundo e também faz vídeos em câmera lenta e câmera rápida, ambos com resolução VGA. Os vídeos em câmera lenta funcionam muito bem para registrar esportes e coisas em alta velocidade, e a câmera rápida faz um efeito time lapse com 5 frames por segundo. Você também pode gravar sem áudio, o que é útil para locais barulhentos, e enviar seus vídeos direto para o YouTube.

E depois que você tirar todas estas fotos e gravar estes vídeos, como é que se faz para passar para o computador? Bem, se você usa Windows é a coisa mais fácil, para fazer o sync do seu LG Renoir com seu computador é só instalar o software que vem no CD.

Só que se você tem um Mac, fica tudo mais complicado. Como usuário de um Mac, posso dizer que o maior defeito que encontrei neste celular é não ter um sync nativo com o OS X. O Missing Sync resolve esta questão para mim, mas ele é um programa pago, e quem quiser usar o Renoir no seu Mac fica sem outras opções. Abro um parênteses para lembrar que você pode se conectar ao Renoir no OS X via Bluetooth para copiar e enviar arquivos, e também ler as fotos se tiver um adaptador para cartões SD, mas isto não é um sync.

A bateria de lítio-íon do LG Renoir dura até 3 horas de bate papo e cerca de 250 horas em standby. Seu gravador de áudio grava no formato .arm e não tem muita qualidade, o que é uma pena, porque eu sempre uso este recurso para gravar anotações de voz e palestras. A tela widescreen é ótima para assistir a filmes, e como ele roda arquivos AVI sem necessidade de conversão você pode assistir o que quiser.

Para terminar este post, agradeço a LG pelo convite. E antes que você me pergunte, nenhum funcionário da empresa deu um pulo maluco como aquele sujeito na apresentação do LG Renoir na CES 2009 (veja o vídeo no Engadget). Todos eles foram muito atenciosos, e responderam na hora todas as minhas dúvidas, que não eram poucas.

O LG Renoir é um celular com muitos recursos, e que pode substituir perfeitamente a sua câmera digital portátil. Ele é interessante para quem procura um celular com várias funções e quer juntar vários gadgets em um só. Se este é o seu caso, e você não é uma daquelas pessoas que precisam de um smartphone para viver (como eu), ele pode ser uma boa opção. O LG Renoir deve custar de R$ 600 a R$ 1.399, dependendo do seu plano e operadora.

Saiba mais no site da LG.

Relação de blogs, blogueiros e blogueiras presentes no Clube Renoir (além do Digital Drops, é claro!):
Meio Bit – Cardoso
Tecnoblog – Thiago Mobilon
Tecnocracia – Manoel Netto
Querido Leitor – Rosana Hermann
Smelly Cat – Bruna Calheiros
Geek Chic – Veri Serpa
Mundo Gump – Philipe Kling David
Infopod – Johnny Ken
Lalai Reloaded – Lalai
Menina Que Joga – Milena Wiek
Wordsmith – Jeff Paiva
WeRgeeks – Tato
Comunicadores – Guilherme Cury
E-code – Eric Messa
LadyBug Brazil – Lucia Freitas

Autor: Nick Ellis

Compartilhe
/* Track outbound links in Google Analytics */